ARTISTAS

Holanda Cavalcanti 

 

Holanda Cavalcanti tem um trabalho focado no povo negro e em sua cultura, seus gestos e sua luta. Desde seus primeiros trabalhos, ainda na Bahia, traz a relação da cultura negra como força de expressão de uma matriz étnica, que poderia ser registrada apenas em sua situação mais frágil e trágica, mas Holanda prefere o registro da riqueza, da poesia e da beleza. 

 

Tem um profundo trabalho na Bahia e em Angola, registrando desde o cotidiano e simplicidade das pessoas na região, até as datas comemorativas e emblemáticas.

 

Holanda Cavalcanti se formou em Letras pela UCSAL (Universidade Católica do Salvador) em 1985. Neste mesmo ano fez a sua primeira exposição de fotografias chamada Retratos Estação da Lapa, em Salvador (BA). Já em 1989 expôs em Bossey, na Suiça, uma série sobre a Chapada Diamantina. Em 1990 apresenta a mostra Ê Povo Ê na Galeria Fotográfica, em São Paulo (SP). Seguem as mostras, A Luz do Desterro, em Curitiba (1996), em 2012 Alambique, no Pelourinho (Salvador-BA) e Gente Bela, em Barcelona (Espanha) e em em Angola (África)em 2014. 

 

Em 2007 lança o fotolivro Ê, Povo, Ê, com Prefácio de Gilberto Gil, onde apresenta imagens fotografadas durante 20 anos de pesquisa e registro artístico-documental, feitos em Angola e no Brasil.  

 

 

_______________________________________________________________________________________________________________________________________________

 

Júlio Bomfim 


 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Júlio Bomfim iniciou seus trabalhos em 2014 e desde o começo sempre experimentou abordagens diferentes - fotografia de rua, paisagens urbanas, arquitetura, retratos e até esportes - buscando não só documentar, mas também construir narrativas e emoções que ultrapassem as bordas do fotograma. 

 

Tudo isso afeta e converge em meus projetos pessoais, onde procura lançar seu olhar sobre o banal e o insólito do mundo urbano e de suas intersecções com meu próprio cotidiano.

 

Apostando em conceitos variados, busca o diálogo entre estes cenários, pessoas, momentos e como o seu “eu-fotógrafo-cidadão” se insere - ou não - dentro desta realidade imaginada. 

 

Ao longo dos anos, adquiriu formações variadas em fotografia, passando por instituições como FullFrame, MIS e SENAC, além de ser Bacharel em Letras e Mestre em Estudos Comparados pela Universidade de São Paulo.  

 

_______________________________________________________________________________________________________________________________________________

 

Maneco Magnesio Guimarães


 

Maneco Guimarães Nasceu em 1974 em Manaus, desde 2003 vive e trabalha em São Paulo. Graduou-se na Bahia onde em 1997 concluí curso de arte na Escola de Belas Artes da Universidade Federal da Bahia.

 

Já em São Paulo, cursa fotografia com Marcelo Vitorino no MAM - Museu de Arte Moderna de São Paulo, desenvolve projeto gráfico e identidade visual do Ateliê OÇO do qual participa.

 

Atualmente desenvolve projeto de fotografia urbana tendo ministrado em janeiro de 2018 workshop sobre o tema da Fotografia de Rua na Faculdade de Belas Artes de São Paulo.

 

Recentemente foi pré-selecionado para concorrer no Festival Paraty em Foco na categoria Foto Única. Durante o mês de agosto participou da mostra coletiva Mirares 2019 – Cultura da Paz, em São Paulo, em cartaz na Unibes Cultural.

 

Foi premiado com a Medalha de Bronze no Paris Street Photography Awards 2019, na categoria fotografia de rua/urbana. Foi convidado para participar com uma obra na mostra SALON des Refusés da Luz, na Casa da Luz (Luz, São Paulo) no período de dezembro 2019 a fevereiro de 2020.

 

__________________________________________________________________________________________________________________________

 

 

Conheça o projeto.

 

 

Sobre a loja

A arte nos cerca, nos completa, nos emociona e nos faz mais vivos. A fotografia é a arte que registra poesia na realidade, que inspira poesia no olhar cotidiano. O nosso projeto pretende trazer um pouco dessa poesia do cotidiano para sua casa. Não queremos enfeitar as paredes, e sim abrir janelas onde cabe a imaginação. Vamos ocupar o concreto com arte!

Pague com
Selos

Foto em Casa - CPF: 673.396.115-68 © Todos os direitos reservados. 2020